Ansiedade no Relacionamento

No meu trabalho como psicólogo, ajudo pessoas a ultrapassar o trauma do relacionamento anterior, a compreender as necessidades e como expressa-las nos novos relacionamentos nas suas vidas.

Muitas vezes, esses novos relacionamentos podem desencadear sentimentos ou padrões não resolvidos que se tornam uma espécie de ansiedade sobre um novo relacionamento.

Se já se sentiu excessivamente ansioso, encontrando-se constantemente analisando o "próximo passo" de um relacionamento, pode estar lutando com a ansiedade no relacionamento.


Ansiedade no Relacionamento – Pensar Demasiado


O excesso de análise da situação ao ponto de paralisia é uma experiência frequente para quem tem um relacionamento, especialmente para os introvertidos.

Aqueles que se sentem desconfortáveis ou excessivamente conscientes em relação a novas pessoas, e os que têm tendência para processar ideias e emoções para si mesmos, são as pessoas mais suscetíveis a pensar demasiado.

O pensamento excessivo pode levar a uma preocupação com cada detalhe do relacionamento e criar um ambiente onde a pessoa não sabe o que fazer, e no qual a opção mais confortável é não fazer nada.

Desta forma a pessoa com pensamento ansioso e excessivo fica presa num estado de paralisia por análise. Essa sensação de ansiedade pode manifestar-se fisicamente como um "nó no estômago" ou de excitabilidade, isto porque a pessoa está preocupada em analisar as consequências da dinâmica desse interesse romântico. Os pensamentos são incessantes e recorrentes. Às vezes, isso leva a problemas de sono, declínio no desempenho do trabalho e outros sinais físicos e emocionais de ansiedade.