Infidelidade

Um dos princípios que todas as relações amorosas esperam viver é a confiança, que se manifesta através do compromisso e da lealdade entre as duas pessoas.

Quando um relacionamento se depara com a realidade da infidelidade vê esse pilar estrutural se decompor e a relação entra em situação de risco, muitas vezes de forma fatal.

Claro que nada pode impelir alguém de ser infiel aos compromissos assumidos e, portanto, não há qualquer justificativa para a infidelidade, mas alguns problemas que o casal vive de forma continua causam uma insatisfação tão grande no viver a relação que habitualmente antecedem a infidelidade.


Terapia de Casal – Crises contínuas


São normais as crises na relação de casal, principalmente nas relações de maior duração. O problema é quando as crises se prolongam por muito tempo ou parece que não se consegue resolver os assuntos em questão e o casal vive o que deveria ser a situação emocional passageira, em rotina e habito. Nestas situações as pessoas começam a ter pensamentos do tipo "as coisas já não são iguais", “esta pessoa não foi aquela que eu conheci”. Todas as relações passam por fases felizes, e outras menos felizes, mas isso não precisa ser encarado como o principio do fim. É importante que as pessoas reconheçam os seus sentimentos perante a outra pessoa e emoções perante a situação de conflito, distinguindo uma da outra. Este processo de reconhecimento por vezes só é possível na terapia de casal.


Terapia de Casal – Esgotamento da paixão


Não é a rotina que desgasta a relação mas antes o que fazemos dela, até porque quando a rotina é traçada em comum pelo casal passa a ser um forte elemento de união. Mas quando o dia a dia passa a ser tão aborrecido e previsível que as duas pessoas não encontram ânimo para viver momentos íntimos, e nos quais o romance e a paixão os envolva, então a relação tem um grande problema. A paixão naturalmente se esgota, por isso é preciso que as pessoas mantenham o vigor da relação, apaixonando-se diversas vezes, criando situações de mutuo interesse.


Terapia de Casal – Falta de diálogo

A comunicação entre as duas pessoas é elemento fundamental no relacionamento. Quando a comunicação falha, intensifica todo e qualquer problema. As pessoas na relação afastam-se, ao invés de encararem os momentos difíceis juntos, preferem ignorar questões importantes e não falarei dos seus pensamentos e sentimentos. Claro que o amor é essencial para o relacionamento, mas nem mesmo o amor suporta a falta de diálogo.


Terapia de Casal – Modelos negativos

A forma como aprendemos a relacionarmo-nos é através de observamos e registamos de uma maneira inconsciente os relacionamentos que nos são próximos, por isso, quase sempre, a forma como a pessoa é criada tem tudo a ver com a maneira como ela se relaciona. Tal qual uma esponja, uma criança absorve tudo o que vê e o que a rodeia, assim, se vem de uma família composta por pais que têm uma dinâmica afetiva saudável, com comunicação, respeito e compromisso, é provável que irá ter essa forma de relação como modelo, claro que o inverso também se verifica.